Seis mitos e verdades sobre o laser íntimo - ABCGIN Seis mitos e verdades sobre o laser íntimo - ABCGIN

Pesquisar

Validando credenciais, por favor aguarde ...
  • Whatsapp: 21 99973-1534

  • Suporte: 21 99555-0550

Home

Seis mitos e verdades sobre o laser íntimo

Seis mitos e verdades sobre o laser íntimo

Seis mitos e verdades sobre o laser íntimo

O laser íntimo está revolucionando a vida da mulher em diversos aspectos, cada vez mais os profissionais do ramo da ginecologia têm adotado tratamentos que utilizam essa tecnologia para proporcionar às suas pacientes resultados inesperados. Ele traz benefícios tanto físicos quanto psicológicos ao público feminino, dando mais confiança e conforto à mulher e é indicado em diversos casos, tanto em situações em que a paciente deseja somente melhora estética da região genital quanto em ocorrências de problemas de saúde. Porém ainda existem muitas dúvidas com relação a técnica, então, para acabar de vez com isso, vamos falar neste artigo sobre seis mitos e verdades acerca dessa nova tecnologia!

O que é verdade e o que é mito?

  • O procedimento com o laser íntimo é doloroso e necessita de repouso prolongado

           MITO! O tratamento com laser íntimo é minimamente invasivo e não causa dor à paciente. Além disso, por não ser um procedimento cirúrgico, não há grandes restrições, a mulher pode realizar suas atividades normalmente. Os médicos recomendam, apenas, que a atividade sexual seja suspensa por uma semana.

  • Melhora o desempenho sexual

          VERDADE! O laser íntimo traz benefícios expressivos para a vida sexual da mulher, pois trata o ressecamento e a flacidez vaginal, fatores que causam dor durante a relação e falta de prazer. Essa tecnologia também melhora a estética da região da mulher, devolvendo a ela a sua confiança e aumentando a autoestima.

  • O laser íntimo só pode ser usado em mulheres na menopausa

          MITO! Apesar da menopausa trazer, sim, desconfortos à mulher com relação à sua região íntima, como ressecamento, escurecimento e flacidez, o laser íntimo não é indicado somente nessa fase da vida. Mulheres a partir dos 35 anos já podem ser beneficiadas com essa técnica, pois, nesse período, o corpo já reduz a produção de colágeno, que pode ser recuperado com a administração do laser íntimo.

  • O resultado pode ser notado em poucas sessões

           VERDADE! Os resultados do tratamento com o laser íntimo podem ser notados imediatamente, a partir da primeira sessão. O número de sessões deve ser indicado pelo médico e vai depender de cada caso, variando entre uma e cinco.

  • Devolve à paciente a sensação de virgindade

           MITO! Sim, o laser íntimo ajuda – e muito – em problemas como a secura vaginal e a flacidez, tornando a vagina mais firme e elástica, porém, não devolve a virgindade da mulher, o que ocorre é somente uma maior sustentabilidade dos tecidos devido à produção de colágeno estimulada pelo laser.

  • Serve também para tratar a incontinência urinária

           VERDADE! Como falamos, o laser íntimo é muito indicado para procedimentos estéticos na região genital, mas também é altamente eficaz no tratamento da incontinência urinária, já que as ondas eletromagnéticas emitidas fazem com que a musculatura seja fortalecida.

Você já sabia sobre essas curiosidades do laser íntimo?

É importante que o profissional da saúde que atuam na área da ginecologia esteja sempre a par das novas tecnologias e como elas funcionam, para, assim, tratar a sua paciente da melhor maneira possível.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *